O Amor tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta. O Amor jamais acaba. (1º Cor. 13:4-8)


Thanks to the Americans for being ums of the biggest visitors to my blog,

Pesquisar

domingo, 10 de fevereiro de 2013

CABANA O ACONCHEGO DO AMOR

 Casa sobre as colinas escondida sobre as arvores por distante é avista pela fumaça que sai da lareira, onde se encontra aconchego e conforto, que traz segurança que tira o medo do silêncio da floresta com o cantar dos animais, casa pequena de grande janela com uma linda cortina amarela e cheios de flores no interior dela, flores delicadas dentro do vaso de barro com boa aguá e terra para que não morra e nem murchem  antes do tempo, antes da mudança das estações, cabana de fogão a lenha onde mora um eterno apaixonado que em versos e papeis se resenha a realidade dos pequenos e imortais sonhos, sonhos que se renova ao anoitecer e se realiza a cada amanhecer. Feliz cantado de voz e violão de serenatas acompanhadas pelas melodias de lindos pássaros, voz que se propaga pela mata à dentro, carregando por quilometro com a força do vento, que atinge o coração do ser amado fazendo com que os dois possam sonhar com os meus caminhos sendo guiado por emoção e com a certeza do coração, fazendo que suporte o tempo que o destino os levara para encontrá-los-se, tempo pequeno comparado com os que os farão ficar juntos para todo o resto de suas vidas, vida que se terá uma nova historia, historia da pequena e sonhadora cabana a pequena casa de amor e esperança. 



D.J. "Darley Soares"



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Mascote "Sinistro"